sexta-feira, 13 de julho de 2012

Reunião da Câmara mirim 13/07/2012

Vereadores Mirins elegem nova Mesa Diretora
Na sessão ordinária desta sexta-feira (13) os vereadores mirins elegeram a Mesa Diretora que irá atuar no segundo semestre de 2012. Duas Chapas disputaram os cargos a eleita foi a Chapa Nº 2, que obteve nove votos.
A Chapa 2 é composta por: presidente, Kirstin Elise Richter Vieira, da Escola Barão do Rio Branco; vice- presidente, Daniel Peters Amaral , do Colégio Castelo; 1ª Secretária, Marina Briese Gonçalves, da EBM Zulma Souza da Silva e 2º Secretário, Matheus Prestes, da EBM Tiradentes. Emocionada, a nova presidente da Mesa Diretora agradeceu a confiança e o apoio de todos e aconselhou: “nunca desistam dos seus sonhos”.

ECA completa 22 anos

Nesta sexta-feira (13), o Estatuto da Criança e do Adolescente completa 22 anos de existência. Segundo a gerente de proteção integral da diretoria da criança e do adolescente da Semascri, Daniela Buettgen, esta é uma lei de extrema importância para estes grupos. “Crianças que sofrem violência, abuso, negligência e abandono são algumas questões previstas no documento. Todo adolescente que transgride uma regra recebe uma medida sócio-educativa, que, dependendo da gravidade, pode ser uma internação”. Para denúncia, basta se dirigir aos Conselhos Tutelares ou ligar para o disque 100.

Diretora fala sobre educandário e Programa Câmara Mirim

Este ano a EEB Cel. Pedro Feddersen completou 58 anos. A diretora do educandário, Fabíola Tais Kuipers, esteve na tribuna. Ela relatou que o colégio “promove projetos com preocupação de trabalhar a construção de conhecimentos científicos e interculturais e encaminhar os jovens a sociedade como melhores cidadãos”. Fabíola destacou ainda o orgulho por possuir uma representante da escola no Programa Vereador Mirim. Disse que a aluna Eduarda Prawucki “mostrou-se uma jovem audaz por promover na escola as atividades gerais da Câmara Mirim, demonstrando aos outros estudantes noções de política”.
Além disso, os alunos do educandário fizeram a apresentação de uma esquete teatral, intitulada ‘Chiclete’. Na coordenação estava o professor Jair Correia. O grupo possui 42 integrantes e foi criado neste ano. Trata-se de um projeto voluntário do professor Jair Correia.

Aldair reflete sobre egoísmo humano

O Brasil é um país abençoado por não sofrer com terremotos e furacões, mas sofre com enchentes, deslizamentos e secas. O vereador mirim Aldair Remoaldo, da Escola Adolpho Konder foi quem trouxe o assunto à tribuna. “Essas coisas acontecem por terem sempre, um dedo humano no meio. O ser humano tem uma forte ganância pelos bens materiais, pelo dinheiro. O que realmente importa é preservar a natureza para poder contar com ela sempre”, comentou. O estudante ponderou que há muitas pessoas que fazem a sua parte. “Mas há muitos que acham que estamos aqui para brincar, que isso é perda de tempo”, concluiu.

Ana Júlia discursa sobre animais de estimação

O cachorro é considerado o melhor amigo do homem, a vereadora mirim Ana Júlia Volpi da Escola Professora Áurea Perpétua Gomes destacou a importância do animal de estimação. “Você não vê um animalzinho abandonando o dono? Mas aposto que já viu milhares de vezes o dono abandonando o cachorro”, desferiu. A estudante argumentou que quando alguém vai viajar, muitas vezes prefere largar o animal na rua, do que procurar um parente ou amigo para cuidar dele. “É por isso que existem tantos animais sem casa, sem comida. O pior de tudo é que tem gente que ainda maltrata esses bichinhos inofensivos que já sofrem com o preconceito de serem cachorros de rua”, desferiu.

Daniel pede um mundo sem discriminação

Para o mirim Daniel Peters Amaral, do Colégio Castelo, todos são iguais perante a lei. No entanto, este preceito é respeitado somente no papel. Na prática, é bem diferente. “Muitas mortes, por exemplo, já aconteceram por causa da raça pura. Outro exemplo é quando um homem bate em uma mulher é crime, mas o mesmo não acontece se a mulher bater no homem. Precisamos lutar para ter um mundo sem discriminação. Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra”.

Eduarda mostra características de um líder

Candidata a presidência da Mesa Diretora, a estudante Eduarda Prawucki, da EEB Cel. Pedro Feddersen, declarou que para formar uma Chapa é necessário um grande trabalho em equipe. “Exercer a liderança com atitude não é impor uma ideia ao grupo, mas propor e organizar ações coletivas. É também ouvir o próximo com muita atenção e respeito”, assinalou. Eduarda ressaltou que o líder é o porta voz da equipe, que deve mostrar o caminho, mas nunca impor. “Um líder deve: mostra curiosidade, ser criativo, se comunicar corretamente, ter caráter, coragem, convicção, carisma e ser competente em suas ações”, argumentou.

Jordhan reforça pedido por reforma em ginásio

Na última sessão como segundo secretário, o vereador mirim, Jordhan Bordignon, da EEB João Widemann, admitiu que sentirá saudades de representar a Mesa Diretora, mas relatou que os objetivos como jovem parlamentar permanecem. Ele reforçou a solicitação pela reforma do ginásio de sua escola. “O ginásio está em péssimas condições de uso, com buracos imensos não só no chão, mas na parede. Existem também várias goteiras que deixam a quadra lisa”, disse. Além disso, Jordhan destacou que os banheiros do ginásio estão quase impossibilitados de uso. “É lamentável ver uma escola com tantos alunos nessa situação”, declarou.

Kirstin destaca a importância da educação

Segundo a vereadora mirim Kirstin Elise Richter Vieira o problema do Brasil não são só os políticos corruptos, mas também a educação do povo. “Na Alemanha os metrôs não têm catraca e nas estradas não há limite de velocidade, só uma recomendação. Os produtos das lojas ficam expostos, sem ninguém tomando conta”, disse. A estudante da Escola Barão do Rio Branco ressaltou que educação não é algo que se pratica somente na frente dos pais ou professores, para ela educação é fazer a coisa certa, não importa com quem ou onde esteja, pelo simples fato de saber que é certo.

Letícia critica abandono de animais

Segundo a mirim Letícia Caroline dos Santos, da Escola Lauro Muller, quando chega o período de férias, muitos donos de animais de estimação acaba os abandonando por querer viajar e curtir o período. “Aí, quando voltam de férias, principalmente quando a família tem crianças, acabam comprando outro animal. Ficam com ele o ano todo e o abandonam em dezembro. Se você é uma dessas pessoas, lembre-se: a piedade com os animais está intimamente ligada ao caráter”, disparou.

Luiz acredita que deve haver punição para trotes

Somente neste ano, o Corpo de Bombeiros de Blumenau recebeu nove trotes. Segundo o mirim Luiz Carlos Melchioretto, da Escola Fernando Ostermann, é necessária punição para os meliantes. “Não é a primeira vez que estes casos acontecem na cidade e não será a última. Na enchente de setembro do ano passado, das 800 ligações recebidas, 105 eram trotes. Isto é revoltante. Muitas vidas podem deixar de ser salvas por ações estúpidas e desnecessárias”, finalizou.

Marina defende educação no trânsito

A aluna da EBM Fernando Ostermann, Marina Briese Gonçalves, refletiu a respeito do estresse e perigo oferecidos pelo trânsito. Ela apontou que isto ocorre porque os motoristas não cumprem as regras e cometem várias infrações, como: furar a sinaleira, ultrapassar em locais proibidos, não respeitar a faixa de pedestres. Marina ainda observou existirem pedestres, skatistas e ciclistas que desrespeitam as leis. “Estas regras sendo infringidas podem gerar brigas e criar constrangimentos que podem gerar brigas e, em alguns casos, até a morte”, ressaltou. Para ela, não adianta criar mais leis, é preciso conscientizar a educação no trânsito.

Matheus Prestes se preocupa com quantidade de lixo produzido

“A imensa quantidade de lixo produzido todos os dias no mundo está se tornando um grande dilema, a ponto de se tornar um assunto comum nos meios de comunicação”, ressaltou em seu discurso o mirim Mateus Matiusch Prestes, da Escola Tiradentes. De acordo com ele, o lixo está causando grandes problemas nos centros urbanos, como entupimento das redes de coleta de água pluvial e promoção de ambiente para a proliferação de doenças trazidas por ratos e baratas. “Nossa saúde está integrada ao meio ambiente. Você já pensou se os habitantes da terra usassem, durante 30 dias, papel reciclado? Poderiam salvar o equivalente a 120 mil árvores”, refletiu.

Mateus Cruz fala sobre preconceito “maléfico” e “benéfico”

Existem dois tipos de preconceito, o maléfico e o benéfico. O fato foi explicado pelo vereador mirim Mateus Sérgio Cruz, da Escola Julia Lopes de Almeida. “O maléfico é constituído de preconceitos que resultam em injustiças e são baseados unicamente nas aparências e na empatia. O benéfico é constituído de preconceitos que estabelecem a prudência e são baseados em estatísticas reais, nos ensinamentos de Deus ou instinto humano de auto-proteção”, explicou. O estudante afirmou que é necessário saber a diferença. “Infelizmente, uma parte da mídia usa uma máscara de amor ao próximo para condenar as discriminações de caráter preventivo”, destacou.

Morgana revoltada com violência contra idosos

A violência contra idosos revolta a vereadora mirim Morgana Hornuburg. “Moro com meus avós desde que nasci e não entendo como uma pessoa pode fazer tamanha crueldade com um semelhante”, relatou. A estudante da EEB Emílio Baumgart afirmou que milhares de idosos são agredidos por ano e disse que a maior parte das queixas são feitas por pessoas com idade entre 65 e 74 anos. “Houve aumento da procura de ajuda pelas próprias vítimas. Os idosos estão conscientes de que não podem deixar isso acontecer”, comemorou. Ela salientou que em Blumenau as vítimas são atendidas pelo programa de Proteção Especial à Pessoa Idosa, desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social da Criança e do Adolescente.

Yuri: “nem todas as multas precisam ser pagas”

De acordo com o artigo 267 do Código de Trânsito Brasileiro, caso o motorista que foi multado por leve ou média infração não tenha sido multado nos últimos 12 meses, ele não necessita pagar a multa. A informação foi repassada pelo mirim Yuri Sporrer Mannes. Conforme o estudante do Colégio Bom Jesus, é preciso se dirigir ao DETRAN e pedir um formulário para converter a infração em advertência. “É necessário levar cópia da carteira de motorista e a notificação da multa. Em 30 dias o motorista recebe pelo Correios a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não desembolsa dinheiro”, assegura.

Requerimentos

Vereadora Mirim Eduarda Vinter Simão
Nº 0074/2012 - solicitando à GERED a reforma dos banheiros da Escola Hermann Hamann, na rua August Reinhold, na Nova Esperança.

Vereadora Mirim Eduarda Prawucki
Nº 75/2012 – pedindo à Secretaria de Turismo a mudança da placa que indica Roteiro Vila Itoupava, na saída da rua Erwin Manzke com encontro a SC 474, junto ao trevo que dá acesso aos municípios de Massaranduba (interior) e Luiz Alves.

Vereadora Mirim Ana Júlia Volpi
Nº 76/2012 – requerendo à Secretaria de Serviços Urbanos a revitalização na ponte interditada desde 2008, na rua Frieda Krüger.

Vereador Mirim Aldair Remoaldo
Nº 77/2012 - requisitando à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos a limpeza no ribeirão da Velha, na rua Jorge Lacerda, próximo a Rodovel, na Velha.

Nº 78/2012 – solicitando à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos a retirada de galhos e troncos de árvores na rua Guilherme Joaquim Nazário, próximo a Rodovel, na Velha.

Nº 79/2012 – requisitando ao SETERB que disponibilize dois horários de ônibus da linha Concórdia, às 11h30 e às 17h30, com saída da Escola Adolpho Konder, na Velha.

Vereador Mirim Daniel Peters Amaral
Nº 80/2012 - pedindo à Secretaria Municipal de Obras a implantação de uma faixa de pedestres na rua Florania, próximo ao Colégio Castelo, na Velha.

Matéria enviada a SN pela Assessoria de Imprensa Câmara de Vereadores de Blumenau
Fotos:Crédito Juan Carmona